CHAMADA MCTIC/CNPQ Nº 19/2016 – APOIO ÀS ATIVIDADES DA REDE NACIONAL DE MÉTODOS ALTERNATIVOS – RENAMA

05/10/2016 09:01

A Rede Nacional de Métodos Alternativos (RENAMA) foi instituída pela Portaria n° 491, de 03 de julho de 2012, do MCTIC; com o objetivo de desenvolver, validar e certificar tecnologias e métodos alternativos para os testes de segurança e de eficácia de medicamentos, cosméticos, vacinas e outras atividades que envolvam animais de experimentação. Esta Chamada objetiva apoiar a RENAMA por meio do fomento a projetos de pesquisa que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação do País, na área de Métodos Alternativos ao Uso de Animais em Experimentação, particularmente os descritos na Resolução Normativa n° 18, de 24 de setembro de 2014, do CONCEA; induzindo a formação de Consórcios Temáticos de Pesquisa entre os Laboratórios Centrais e os Laboratórios Associados integrantes da RENAMA, como disposto na Portaria MCTIC n° 491, de 03 de julho de 2012. Os Consórcios Temáticos de Pesquisa devem contribuir para o atendimento dos objetivos da RENAMA, colaborando para o aumento do número de laboratórios aptos a desenvolver e implementar Métodos Alternativos ao Uso de Animais em Experimentação no Brasil. Cada Consórcio Temático de Pesquisa deverá ser composto por um Laboratório Central (Coordenador do Consórcio) e por, pelo menos, três Laboratórios Associados, conforme a estrutura da RENAMA estabelecida na Portaria n° 491, de 03 de julho de 2012, do MCTIC.

CHAMADA MCTIC/CNPQ Nº 19/2016 – APOIO ÀS ATIVIDADES DA REDE NACIONAL DE MÉTODOS ALTERNATIVOS – RENAMA

 

Inscrições:
13/09/2016 a 13/10/2016

Trabalhos de Iniciação Científica da UFSC em vídeo!

23/09/2016 10:13

Como atividade do Seminário de Iniciação Científica da UFSC (SIC-UFSC), que acontece entre os dias 20 a 22 de outubro, os bolsistas PIBIC e PIBITI de graduação e de ensino médio foram convidados a desenvolver um vídeo com as informações sobre o seu projeto de iniciação científica.

Conheça e curta os seus vídeos preferidos no canal do SIC-UFSC no Youtube:

https://www.youtube.com/channel/UCyf5X3ZDTqAEwsGrqmfhOYg

Esta ideia de montar vídeos curtos sobre cada trabalho contribui muito para ampliar a divulgação da ciência que se faz em nossa universidade. Nossos alunos deram um show de ciência e de talentos como videomakers!

Muitos dos trabalhos apresentados nesses vídeos usaram animais na pesquisa e, portanto, passaram pela aprovação da CEUA-UFSC. Ficamos orgulhosos em ver os belos resultados e em poder reconhecer que estes animais não foram usados em vão.

LNBio substitui testes em animais por chips com tecidos e células de órgãos humanos

06/09/2016 09:45

O paradigma utilizado pelas empresas farmacêuticas para descobrir e desenvolver novos medicamentos está sendo quebrado. Estudos clínicos levam anos para serem concluídos e testar um único composto pode custar mais de US $ 2 milhões. Enquanto isso, inúmeras vidas animais são perdidas e o processo muitas vezes não consegue prever as respostas humanas porque modelos animais tradicionais não imitam com precisão a fisiologia humana. Por estas razões, a indústria farmacêutica necessita de meios alternativos para rastrear candidatos a fármacos em laboratório.

(more…)